spot_img
spot_img

Sesi Franca derrota São Paulo e conquista o bicampeonato do NBB

spot_img

Mais notícias

Time atropela no quarto final e coroa temporada histórica

Publicado em 10/06/2023 – 17:40 Por Lincoln Chaves – Repórter da EBC – São Paulo

A Capital do Basquete está em festa. Neste sábado (10), o Sesi Franca conquistou, pela segunda vez seguida, o título do Novo Basquete Brasil (NBB), principal campeonato nacional masculino da modalidade. Empurrado pela torcida no Ginásio Pedrocão, em Franca (SP), a equipe do interior paulista derrotou o São Paulo por 92 a 68, na quinta e última partida da decisão.

O ala/armador Georginho foi o protagonista da partida, com 23 pontos, oito rebotes e oito assistências. Outros cinco jogadores do Franca também anotaram pelo menos dez pontos no jogo. Pelo lado são-paulino, o ala Túlio se destacou, com 20 pontos. Apenas ele e o ala Betinho (dez pontos), porém, chegaram a dois dígitos no placar no Tricolor.

Foi a 13ª conquista nacional do Franca, que já havia sido campeão brasileiro 11 vezes antes da era NBB. O Flamengo, com sete títulos, é o maior vencedor da competição, iniciada em 2008. Brasília (tricampeão), Paulistano e Bauru (um troféu cada) também ganharam o torneio.

O título coroa uma campanha memorável do Franca, com 41 vitórias e seis derrotas. Na primeira fase, foram 32 triunfos em 32 jogos. Além disso, os paulistas atingiram, durante a temporada, a maior sequência invicta do basquete nacional: 46 partidas. A marca foi alcançada no dia da conquista da Champions League das Américas, equivalente à Libertadores na modalidade.

O Franca ainda levantou, nesta temporada, as taças do Campeonato Paulista e da Copa Super 8 – que reuniu os oito melhores times da primeira fase do NBB. Em setembro, os paulistas disputam, em Singapura, o Torneio Intercontinental, da Federação Internacional de Basquete (Fiba), que tem peso de um Mundial de Clubes.

A final do NBB é disputada em uma melhor de cinco partidas, em que o time a vencer três jogos primeiro leva a taça. O São Paulo ganhou o primeiro duelo, em Franca, mas sofreu a virada na série, com dois triunfos francanos no ginásio do Morumbi, na capital paulista. Na última quinta-feira (8), o Tricolor levou a melhor, novamente no interior, forçando o quinto duelo.

O jogo

O primeiro quarto da final deste sábado foi dominado pelo Franca. Apesar de as equipes apresentarem pouca eficiência nos chutes de três pontos, o time da casa compensou com muita qualidade no garrafão, acertando quase 70% das tentativas de dois pontos. Depois de abusar dos erros nos primeiros dez minutos, o Tricolor melhorou na parcial seguinte, mas os francanos mantiveram o jogo sob controle, indo para o intervalo com 45 a 34 no placar.

O cenário pouco se alterou na volta do intervalo. Apesar de ter conseguido chutar mais bolas de dois pontos, o São Paulo não aproveitou as oportunidades (35% de acerto), enquanto o Franca não deixou o nível de atuação cair, chegando aos dez minutos finais com 14 pontos de frente.

O período final da partida foi um atropelo francano, fazendo jus aos cânticos da torcida, que apelida o time de “rolo compressor”. Em cinco minutos, os anfitriões aumentaram a vantagem para 24 pontos, com uma sequência de oito cestas – quatro delas valendo três pontos – em nove tentativas. Com o ginásio já gritando “é campeão”, o Franca administrou o resultado e comemorou o bicampeonato do NBB.

Edição: Marcelo Brandão

Marília
céu limpo
26.9 ° C
26.9 °
26.9 °
61 %
1kmh
0 %
dom
26 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
32 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias