spot_img
spot_img

Servidores do Fórum param atividades por reposição salarial

spot_img

Mais notícias

Servidores do Poder Judiciário desligaram os computadores pela manhã protestando por reposição salarial do governador Tarcisio de Freitas que alegam ter esquecido da categoria ao não repassar os valores devidos para o Tribunal de Justiça, que tem orçamento próprio para gerir essa crise, porém, depende do Executivo paulista, quem é o dono da chave do cofre.
Os servidores desativaram as CPUs e foram até a frente do Fórum, no bairro Fragata, onde fizeram manifestação na luta por melhoria de condições de trabalho e o justo reajuste salarial que se aguarda, dada a inflação galopante que aniquila o poder de compra dessa classe trabalhadora tão importante para a sociedade.
O horário da desativação do sistema se deu entre 10 e 11 horas e foi uma forma de chamar a atenção do chefe do executivo Tarcisio que não conhece a realidade paulista, vez que nunca morou em São Paulo, não conhece a dificuldade da categoria, com quem nunca teve contato e é recém chegado ao estado, onde se elegeu governador com ampla maioria de votos da população.
Há necessidade de sensibilizar Tarcisio para que faça o repasse devido ao TJ e o TJ aplique a verba da recomposição salarial assim que recebida da Fazenda estadual aos servidores o que não está acontecendo na medida exata da necessidade da classe, segundo informações recebidas na redação.
Os servidores aguardam a justa aplicação do reajuste salarial para a categoria, indispensável ao êxito dos anseios da sociedade paulista.

Marília
céu limpo
26.9 ° C
26.9 °
26.9 °
61 %
1kmh
0 %
dom
26 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
32 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias