spot_img
spot_img

Saúde de Marília amplia grupo prioritário da bivalente contra a covid. Fakenews caem por terra.

spot_img

Mais notícias

Secretaria Municipal de Saúde segue orientação do Ministério da Saúde e dose estão disponíveis em todas as unidades da rede

A partir desta terça-feira, dia 21 de março de 2023, Marília ampliará o grupo prioritário da vacinação bivalente contra a covid-19. Por determinação do Ministério da Saúde, as doses deverão ser aplicadas para pessoas com deficiência permanente – com idade a partir de 12 anos, população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas, funcionários do sistema de privação de liberdade, indígenas, ribeirinhos e quilombolas – a partir de 12 anos de idade. A Secretaria Municipal de Saúde de Marília também decidiu em diminuir a faixa etária para 50 anos ou mais. Até então, a imunização bivalente contra a covid-19 vinha contemplando pessoas com 60 anos ou mais.

A campanha, que começou em 27 de fevereiro, tem como grupo prioritário – além dos já mencionados anteriormente nesta reportagem – pessoas vivendo em instituições de longa permanência – a partir de 12 anos – trabalhadores em instituições de longa permanência, pessoas imunocomprometidas – a partir de 12 anos – gestantes e puérperas, além de todos os trabalhadores da saúde. “Como o Ministério da Saúde mencionou na circular que nos chegou, as ações de vacinação contra a covid-19 garantiram a proteção contra esta doença e contra a morte. O Ministério da Saúde, neste documento, recomenda a bivalente para todos os integrantes dos grupos prioritários”, detalhou o secretário-adjunto da Saúde e médico Dr Osvaldo Ferioli Pereira.

O prefeito de Marília, Daniel Alonso, observou que a vacinação é segura e essencial para o combate ao coronavírus. “Peço que as pessoas que fazem parte do grupo prioritário e aqui em Marília quem tem 50 anos ou mais, além dos trabalhadores e trabalhadoras da saúde, procurem a unidade de saúde mais perto de sua casa, ou seja, a unidade de saúde do seu bairro, e se imunize, tome a dose contra a covid-19”, solicitou Daniel.

O Ministério da Saúde e o Governo do Estado de São Paulo enviaram, até agora, mais de 26,7 mil doses da bivalente para Marília, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde (26.748 doses, exatamente).

A dose bivalente reúne anticorpos da subvariante ômicron BA.1 e BA.4 conjugada com BA.5 – o que corresponde ao seguinte: ao ser vacinado pela bivalente a pessoa estará se protegendo contra a BA.1 e contra a BA.4 e BA.5. Importante salientar que para receber a dose de reforço bivalente a pessoa precisa ter completado o ciclo vacinal, respeitando intervalo de 4 meses da última dose. “A vacina é segura e graças à imunização estamos vencendo a covid-19”, reiterou o prefeito Daniel.

Foto: Divulgação

Marília
nuvens dispersas
22.4 ° C
22.4 °
22.4 °
73 %
1.1kmh
31 %
dom
24 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
33 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias