spot_img
spot_img

Professora que morava em Canoas retorna com filhos para recomeçar

spot_img

Mais notícias

Fernanda Silva, de 29 anos, saiu de Campo Grande para morar no Rio Grando Sul com o marido e os filhos pequenos; condomínio onde moravam se perdeu na enchente

Por: Caio Tumelero

FONTE: PRIMEIRA PAGINA

14/05/2024 14:33 Atualizada em 14/05/2024 14:33

MS- Recomeçar. É essa palavra, tão significativa, que toma conta na vida de Fernanda Silva, de 29 anos. A campo-grandense morava há 4 anos em Canoas, município do Rio Grande do Sul que está sofrendo com os alagamentos.

A Fernanda é mãe de um menino de 4 anos e de Serena, de 4 meses. Com a caçula no colo, a pedagoga conta como foram os últimos momentos na cidade gaúcha.

“Foram duas semanas seguidas de chuvas intensas, mas era rotineiro, choveu muito lá, e ninguém se preocupou. Mas nos últimos dias chegou até Canoas e tiveram que evacuar nosso bairro. Um amigo nosso ajudou com as crianças, e quando a gente saiu de casa vimos realmente a realidade. Tudo muito rápido. A água no joelho das pessoas nas ruas”, relembra Fernanda.

A pedagoga lamenta que muitos moradores da cidade não conseguiram largar tudo e ir embora como ela.

“É muito triste. A gente ainda conseguiu sair, tinha a opção para pra outra cidade, mesmo que tenha sido um sufoco, mas, quem não tem essa oportunidade, perderam tudo. É muito triste, [perderam] tudo que conquistou, em questão de duas horas. E são milhares de pessoas nesta situação”, declara.

Atualmente, a casa onde Fernanda morava com os filhos e o marido, que permanece atuando no Exército do Rio Grando do Sul, está inundada pela água no primeiro piso.

Marília
nuvens quebradas
17 ° C
17 °
17 °
94 %
1.1kmh
52 %
dom
24 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
30 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias