spot_img
spot_img

Prefeitura Municipal de Marília, Lions Marília 3º Milênio e Lions Literatura entregam Recicloteca ao Projeto Plantas e Peixes

spot_img

Mais notícias

Proposta da Recicloteca é reutilizar livros e incentivar o hábito da leitura na população mariliense

Prefeito de Marília elogiou a parceria com os Lions Clubes Marília Terceiro Milênio e Lions Literário

A Prefeitura Municipal de Marília e a Secretaria Municipal da Limpeza Pública e Meio Ambiente abriram as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, com uma exitosa parceria com o Lions Clube Marília 3º Milênio e Lions Clube Literário, através da entrega da Recicloteca para o Jardim Montana 2, na zona Norte. A Recicloteca é uma biblioteca comunitária, disponibilizada através da reutilização de uma geladeira que passa a acomodar acervo repleto de títulos, livros, gibis e obras literárias. Todos os livros foram doados ao Projeto Plantas e Peixes.

“A Recicloteta visa propagar a sustentabilidade através do reuso de materiais entre a população. Através da doação de livros e geladeiras usadas, minibibliotecas são organizadas e instaladas em áreas públicas”, informou o secretário municipal da Limpeza Pública e Meio Ambiente, Wanderley Dolce. A entrega da Recicloteca ao Projeto Plantas e Peixes, no Jardim Montana 2, contou com as presenças dos acadêmicos dos cursos de Medicina e Enfermagem, da Famema (Faculdade de Medicina de Marília), que doaram livros para o projeto, coordenados pela professora Marilia Sgambatti, associada do Lions, ambientalistas do Grupo Frente Sustentável, Lions Clube Marília Literário, Lions Clube Literário, LEO Clube Marília 3º Milênio e equipe do Programa Município Verde Azul.

O responsável pela coordenação do projeto Plantas e Peixes é o voluntário conhecido como Coelho, um ambientalista que é o maior conhecedor e preservacionista de nascentes do estado de São Paulo. Ali ele atua com familiares e amigos em busca da preservação da natureza com trabalho dos mais primorosos na conservação do meio ambiente.

Centenas de livros são disponibilizados à população, que pode ler no local, levar para casa e depois devolver. Além disso, também é possível doar novos exemplares para que o acervo do projeto fique ativo. “O Projeto Recicloteca tem por objetivo propagar o hábito do reaproveitamento dos materiais, evitando a extração de insumos para produção de produtos semelhantes. Assim, um mesmo livro poderá ser reutilizado por dezenas de pessoas, levando o conhecimento e cultura à nossa população”, ponderou o secretário Dolce.

A ação promove sustentabilidade através do reuso de materiais, onde velhas geladeiras são aproveitadas como estantes para centenas de livros que seriam descartados. “Uma ação local de grande impacto global, se considerarmos que vários atos similares estão sendo realizados pelo mundo com o mesmo objetivo”, explicou.

Avanços ambientais

“Hoje comemoramos esta importante data mundial. Cuidamos com carinho do nosso meio ambiente todos os dias. Atualmente Marília é certificada pelo Programa Município Verde Azul, se destacando ambientalmente em todo Estado de São Paulo. Temos o tratamento de esgoto como marco importantíssimo desta gestão. Projetos como ‘Nascentes’, que identificou e monitora 1.448 olhos d’água, ‘Minha Escola é Verde’, que vem plantando árvores na rede pública de ensino com participação dos alunos, replicando a educação ambiental sobre o tema, e ‘Minha Cidade é Verde’, que cria bosques temáticos em áreas ociosas, melhorando a cobertura vegetal urbana, demonstram os avanços ambientais que conquistamos para Marília”, ressaltou o prefeito de Marília, Daniel Alonso.

O prefeito Daniel Alonso destacou a participação dos Lions Clubes de Marília Terceiro Milênio, representado pela presidente Luzimábile de Fátima Gonçalves Zaparolli e Lions Clube Literário, presidido pelo jornalista Marco Aurélio Zaparolli. O Lions presta relevantes serviços humanitários em todo o globo terrestre e sua presença em Marília traz solidez em parcerias com o poder público. A associada do Lions, professora Marilia Sgambatti, também mereceu menção especial pelo cuidado com o projeto e por levar seu grupo de estudantes ao local onde deverá também desenvolver um trabalho inovador.

O chefe do Executivo informou que a Prefeitura de Marília está realizando o chamamento público para cadastramento de cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis para organização do setor. “Na sequência, daremos início aos trabalhos de coleta seletiva em Marília. Iniciamos nesta administração um legado que refletirá em benefícios ambientais ao longo dos anos, deixando como herança uma cidade bem melhor para as gerações futuras”, concluiu Daniel Alonso.

Fotos: Divulgação

Marília
nuvens quebradas
17 ° C
17 °
17 °
94 %
1.1kmh
52 %
dom
24 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
30 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias