spot_img
spot_img

Orçamento da prefeitura de Marília no segundo mandato do prefeito Daniel engordou 55% no acumulado

spot_img

Mais notícias

foto freepik

Manchete original – Marília terá apenas R$ 64 milhões a mais para gastar em 2024 ou 4,1% de aumento

Com Jornal Cidade

Prefeitura indica previsão de orçamento para 2024 e aponta crescimento em queda, de apenas 4,1%, em desacordo com anos anteriores, onde cresceu de 14% a 19%
Compartilhe:

O Projeto de Lei nº 56/2023 que tramita na Câmara Municipal de Marília e que acaba de ser liberado para ser colocado na pauta dos vereadores para aprovação, que trata sobre as diretrizes (metas e objetivos) do atual governo, do prefeito Daniel Alonso (sem partido), para o último ano de exercício, 2024, revela uma previsão preocupante, de desaceleração abrupta do crescimento das receitas diretas e indiretas do município, necessárias para as despesas e investimentos. Pela

primeira vez a atual gestão apresenta uma previsão menor, e de apenas um dígito.

O projeto inclui a previsão de receita para 2024, de R$ 1.610.000.000,00. Seu valor representa apenas 4,1% de aumento ou crescimento em relação à previsão de receita para 2023, que foi de R$ 1.546.000.000,00. Um aumento real de apenas R$ 64 milhões para se gastar no próximo ano.

Um aumento que se equipara à previsão da inflação para 2024, de 4,2%.

O atual governo assumiu um segundo mandato da Prefeitura com uma receita prevista de R$ 965.469.757,90 para 2020. Conseguiu chegar em 2021 com um aumento de 14,6%, obtendo R$ 1.106.000.000,00 para poder gastar. Ou R$ 141 milhões a mais que o ano anterior.

O desempenho foi ainda melhor em 2022, quando conseguiu um orçamento 17,4% maior, de R$ 1.299.000.000,00.

Conseguiu R$ 193 milhões a mais para poder gastar. Não parou de crescer em 2023. A Prefeitura conseguiu uma receita 19% maior que a anterior, saltando para R$ 1.546.000.000,00. Teve R$ 247 milhões a mais para pagar as contas e até investir.

No entanto, a previsão apresentada preliminarmente para 2024 apresenta apenas R$ 64 milhões a mais para sustentar o ano, numa queda abrupta de crescimento de apenas 4,1%.

Neste momento os vereadores estão aprovando apenas as diretrizes, os programas, as previsões de gastos em programas, ações e outros gastos da atual gestão. Apresentam também relatórios fiscais e as dívidas da prefeitura. O orçamento para o próximo ano só será votado no segundo semestre.

Marília
céu limpo
17.2 ° C
17.2 °
17.2 °
83 %
1.3kmh
0 %
seg
28 °
ter
28 °
qua
29 °
qui
30 °
sex
29 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias