spot_img
spot_img

Mural: Comunidade acadêmica se revolta com direção da Unesp de Marília e emite nota de repúdio

spot_img

Mais notícias

NOTA OFICIAL  da comunidade acadêmica da Unesp de Marília foi enviada à imprensa,  expressando a indignação e repúdio contra atitude insensata da direção do campus que autorizou gasto exorbitante de R$ 300 mil, quando outras prioridades ficaram para trás.


Tendo em vista as inúmeras demandas urgentes existentes na UNESP do Campus de Marília — como a carência de bolsas de estudo para estudantes de graduação, banheiros fechados na entrada do prédio dificultando a acessibilidade de cadeirantes, sistemas de ventilação carentes de reparos, necessidade de ampliação do atendimento do restaurante universitário, ausência de uma cantina, de iluminação adequada, negligência com o abastecimento da seção técnica de saúde, trabalhadores terceirizados sem o devido pagamento e a necessidade de reforma da quadra esportiva —, foi com enorme perplexidade que recebemos a notícia acerca da destinação por parte da Reitoria da UNESP de um montante de R$300.000,00 (trezentos mil reais), atendendo a uma solicitação da direção da unidade, para pintura de um mural na biblioteca pelo pintor muralista Eduardo Kobra. Também estarrecedor é o fato de a direção designar vigilância de 24h do referido painel, desviando e sobrecarregando os trabalhadores do setor!

Em que pese o prestígio internacional do artista contratado, entendemos que as condições adequadas para a realização das atividades acadêmicas, que deveriam ser tratadas como prioridades, estão longe de serem satisfatórias e não podem ficar em segundo plano, sobretudo quando se trata da aplicação de um recurso público escasso.

A direção vem demonstrando enorme descaso com as necessidades da faculdade em prol de gastos desnecessários, tal fato salta os olhos quando consideramos que a biblioteca esteve fechada durante a maior parte do primeiro mês letivo, impossibilitando que estudantes tenham acesso ao acervo e a um ambiente de estudos adequado.

Neste sentido, a diretoria da Adunesp e representantes do movimento estudantil local vêm à público para denunciar tal medida decidida unilateralmente pela direção, exigindo revisão da decisão tomada, sem qualquer consulta à comunidade.

Marília 19 de março de 2024.

Atenciosamente,

Diretoria da Adunesp Subseção Sindical de Marília

Centro Acadêmico de Ciências Sociais (CACS)

Centro Acadêmico de Filosofia (CAFIL)

Centro Acadêmico de Relações Internacionais (CARI)

Centro Acadêmico de Terapia Ocupacional (CATO)

Marília
céu pouco nublado
28.5 ° C
28.5 °
28.5 °
42 %
2.4kmh
17 %
qua
28 °
qui
30 °
sex
30 °
sáb
31 °
dom
31 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias