spot_img
spot_img

Marília no mapa da Trilha dos Dinossauros é referência turística

spot_img

Mais notícias

Pesquisador da USP conclui ‘Trilha dos Dinossauros’ em Marília e se encanta com Museu de Paleontologia da Cidade Símbolo de Amor e Liberdade

Professor do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo, Luiz Eduardo Anelli, percorreu 24 cidades paulistas

Acompanhado do paleontólogo mariliense William Nava, o professor do Instituto de Geociências da USP (Universidade de São Paulo), Luiz Eduardo Anelli, concluiu o projeto ‘Trilha dos Dinossauros’ em Marília. A última captação de dados e informações para o roteiro ocorreu recentemente, em 22 de maio, na Cidade Símbolo de Amor e Liberdade. Ao todo, o pesquisador da Universidade de São Paulo percorreu 24 cidades do Estado de São Paulo referências na história dos dinossauros do Brasil e mapeou os pontos turísticos científicos.

Conforme observou o paleontólogo William Nava, que já escavou com o professor Anelli, a passagem por Marília teve como objetos de pesquisa a Serra de Avencas, no distrito de mesmo nome, e o Museu de Paleontologia, localizado na avenida Rio Branco, esquina com a Sampaio Vidal. O pesquisador finalizou sua agenda com uma palestra sobre a Trilha dos Dinossauros para os estudantes do Colégio Criativo.

De acordo com a USP, entre as 54 espécies de dinossauros encontradas no Brasil, existem algumas que viveram no território que hoje conhecemos como o Estado de São Paulo. “E é pensando nisso que Luiz Eduardo Anelli, paleontólogo e professor do IGc (Instituto de Geociências) da USP, desenvolveu a expedição ‘Trilha dos Dinossauros’, projeto com o objetivo de difundir e popularizar o patrimônio científico e cultural pré-histórico brasileiro. A iniciativa tem apoio da PRCEU (Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária) da USP e da Estação Ciência, centro de divulgação científica, tecnológica e cultural da Universidade que está em processo de reformulação. Ao todo, 24 cidades farão parte da Etapa São Paulo”, divulgou a instituição de ensino.

Para o professor, a ‘Trilha dos Dinossauros’ é uma oportunidade de compreensão do mundo atual a partir do passado. “A era dos dinossauros foi um momento importante na história do mundo, no qual houve muitas transformações geológicas, como vulcanismos que alteravam as condições químicas da atmosfera. Todas essas transformações ficaram marcadas nas rochas, e a partir disso podemos entender como nasceu o mundo em que nós vivemos atualmente. Nosso mundo nasceu na época dos dinossauros”, explicou.

O paleontólogo William Nava destacou que o professor Anelli avaliou positivamente o Museu de Paleontologia de Marília e a visita à Serra de Avencas proporcionou a descoberta inusitada de um fóssil, que passará por avaliação e pesquisa. “O professor Anelli é um grande amigo, finalizou sua rota aqui no Interior paulista, em Marília, e percorreu nossos sítios paleontológicos em busca de informações para seu projeto ‘Trilha dos Dinossauros’. A Serra de Avencas é um ponto turístico de nossa cidade”, concluiu.

O pesquisador se encantou com o Museu de Paleontologia de Marília, inaugurado pelo prefeito Daniel Alonso, e que reúne fósseis de dinossauros e réplicas dos grandes lagartos. “Marília é um polo da ciência e coopera para a interpretação do mundo, através das descobertas paleontológicas. Somos uma das poucas cidades do Brasil única cidade com este perfil e que investe publicamente no fazer paleontológico”, sintetizou o prefeito de Marília, Daniel Alonso.

Mais informações sobre a “Trilha dos Dinossauros” podem ser obtidas pelo Instagram @trilhadosdinossauros.

Fotos Gustavo César

Marília
nuvens quebradas
17 ° C
17 °
17 °
94 %
1.1kmh
52 %
dom
24 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
30 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias