spot_img
spot_img

FEIMEC 2024 confirma capacidade de modernização e de crescimento do setor

spot_img

Mais notícias

Sustentabilidade, Indústria 4.0, Inteligência Artificial e o novo modelo de oneração da folha de pagamentos pautam quarto dia do evento. Empresas expositoras celebram volume expressivo de vendas

Um dos temas que vem pautando a FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos é a repercussão do acordo firmado esta semana entre governo federal e o Congresso para retomar, gradualmente, a oneração da folha de pagamentos para os 17 setores intensivos em mão de obra. Em 2024, a alíquota zero fica mantida, que será retomada de forma escalonada nos próximos anos.

“Se por um lado o novo sistema pode provocar uma perda de competitividade e afetar as exportações, que hoje representam 30% do nosso faturamento, por outro, obtivemos a garantia de estabilidade do atual sistema em 2024, o que evitou ter uma interrupção no meio do ano, no meio do exercício, de tudo o que as empresas já tinham planejado”, considerou o presidente-executivo da ABIMAQ – Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos, José Velloso.

Velloso reafirmou a pujança do setor de máquinas e equipamentos e sua capacidade de modernização e de crescimento do setor. Ele se referiu às mais de 1.100 marcas expositoras que participam do evento, uma iniciativa da associação, organizada pela Informa Markets. A FEIMEC este ano ocupa 80 mil metros quadrados do São Paulo Expo e termina no dia 11 de maio.

Expectativas superadas em negócios e networking

​​Para o diretor de Comercialização da Romi S.A. e coordenador do comitê organizador da FEIMEC, Maurício Lopes, o evento atendeu 100% as expectativas da companhia. “É um evento que oferece ao visitante perspectivas para seu negócio, a partir de tecnologias que podem não apenas incrementar, mas compor, atualizar e adequar a indústria para que se torne mais produtiva e competitiva”, comentou.

Lopes conta que a Romi se preparou para receber esse visitante qualificado. “Trouxemos uma gama de soluções inovadoras para que o visitante perceba o evento como um catalisador de tendências e tecnologias de ponta”, disse. E completou: “Além de tudo o que já falamos, a FEIMEC 2024 se consolidou também como ponto de encontro dos principais players desse mercado, tomadores de decisão e especialistas, o que confere ao evento a credencial de palco de negócios para a indústria”. A ROMI atua desde 1930 e produz máquinas e equipamentos para os mais variados setores da indústria, como óleo e gás, mineração, aeronáutica, defesa, fabricantes e fornecedoras da cadeia automobilística, bens de consumo em geral, máquinas e implementos agrícolas e máquinas e equipamentos industriais e é um dos destaques da FEIMEC da 2024

Várias empresas expositoras destacaram a expressiva participação da FEIMEC no seu faturamento anual. O gerente de Marketing da Staubly, Bruno Caumo, está otimista em relação ao crescimento do faturamento da empresa para esse ano e credita parcialmente ao evento a boa fase da empresa. “O nosso faturamento deve ser 30% superior ao de 2022. A FEIMEC é uma feira que não pensamos duas vezes para participar. Esta edição impressiona pelo tamanho e o número de expositores internacionais, o que revela que o mundo está caminhando com a gente”.

Já o proprietário da SGL Laser, Marcel Mariano Rodrigues, comentou que a feira superou as expectativas: “Fechamos a venda de quatro máquinas de corte a laser do nosso modelo em destaque, o LF 30156A. A participação no evento e as prospecções geradas devem responder por 30% do nosso faturamento anual”, informa Rodrigues.

“Essa feira nos proporciona grandes negócios e muita visibilidade para nossos lançamentos”, avalia o coordenador de marketing do Grupo Baw, Luan Hoffmann, sobre a importância do evento na estratégia da empresa. O Grupo BAW Brasil, que atua no desenvolvimento e fabricação de equipamentos CNC de alta definição para Corte Térmico e Soldagem, destacou duas marcas durante a Feimec 2024: a Lineacord 4.0, com foco na revolução da indústria 4.0, e Kemppi, de tecnologia de soldagem a arco. “Muitos clientes vêm conhecer nossos lançamentos e também acabam fechando a compra de outros produtos. Avaliamos que fecharemos o mês de maio com um aumento de faturamento 20% maior em comparação ao mesmo período de 2023”, completa Hoffmann.

Outra empresa que usa a FEIMEC como estratégia para aumentar o faturamento é a SOS Laser, focada no mercado de reposição para máquinas de corte a laser. Destacando a organização e dimensão da quarta edição do evento, o diretor da SOS Laser, Claudio Beserra, considerou a participação bastante positiva e confirmou a consolidação de contratos durante o evento. Segundo Beserra, a presença na feira significa um aumento médio de 10% no faturamento anual da empresa.

A supervisora comercial da Cobsen, Isabela Sartorelli, empresa líder na área de proteções e equipamentos para máquinas industriais, considerou muito promissora a participação na Feimec nesse ano pós-pandemia. Para ela, “o networking está sendo muito proveitoso e já temos alguns negócios fechados e outros em negociação, resultados que devem responder por uma média de 20% no nosso faturamento anual”.

Tecnologia aliada à sustentabilidade

A sustentabilidade é uma das pautas da indústria e tema central na 4ª edição da FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, junto com Indústria 4.0 e Inteligência Artificial. Como aliar tecnologia e sustentabilidade? Quais são as oportunidades que a cultura ESG traz para o mercado global? Essas perguntas foram respondidas no Parque de Ideias, no evento.

“Sabemos que sustentabilidade é a possibilidade de extrairmos menos recursos do que o planeta pode nos oferecer. E a sustentabilidade está diretamente relacionada à demanda. “A indústria deve atender o mercado com responsabilidade”, afirmou o gerente nacional de Serviços da Interflon, Cleber Amaro, que apresentou a palestra: “Tecnologia aliada à sustentabilidade”.

De acordo com Amaro, a tecnologia gera benefícios com soluções para reduzir o consumo dos recursos e manter a demanda. Como exemplo, as lâmpadas LED, que são mais sustentáveis, 80% mais econômicas e oferecem mais durabilidade. No entanto, ele frisou que “não adianta ter um produto sustentável se as práticas da indústria forem inadequadas”.

Ao citar práticas inadequadas, Cleber se referiu às ações humanas. “Por melhor que seja a tecnologia, é preciso investir na capacitação técnica das pessoas. Mesmo porque, é mais barato investir em soluções do que em reparos”. Mas o especialista deixou claro que é fundamental que a indústria certifique se a tecnologia empregada em prol da sustentabilidade está trazendo retorno. “Os processos devem estar alinhados, ao passo em que os profissionais precisam de ferramentas adequadas, além da capacitação”.

Em outro painel, a discussão abordou o papel das indústrias versus universidades no apoio à inovação. Keren Bigao, do Fundep (Fundação de Apoio da UFMG), apresentou o Mover (Programa Nacional de Mobilidade Verde e Inovação), cujo objetivo está em aumentar as exigências de ações sustentáveis na indústria, mantendo o foco na inovação tecnológica.

Trata-se de uma iniciativa do Governo Federal para impulsionar a modernização e a sustentabilidade nas áreas de mobilidade e logística no Brasil. “O enfoque principal é a neoindustrialização do país. Por isso, o programa veio para promover ativamente as atividades de pesquisa, de modo a contribuir para o avanço tecnológico e a competitividade na indústria nacional”, frisou Keren.

Ainda segundo a palestrante, “quando recursos e conhecimentos são unidos e compartilhados, maximizam o potencial da inovação”. Como materializar a inovação, então? Na palestra, ela explicou que, entre as opções, temos justamente os programas de fomento e incentivos. Neste caso, o Programa Mover.

Serviço:

4ª FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos

Data: 7 a 11 de Maio de 2024.

Horários: De 3ª e 6ª (das 10 às 19h) e sábado (das 9h às 17h).

Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center.

Iniciativa: ABIMAQ – Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos.

Promoção e Organização: Informa Markets

Credenciamento de Imprensa – Pavilhão São Paulo Expo

Galeria de Fotos: Clique aqui

Sobre a FEIMEC – feimec.com.br

A FEIMEC se transformou em uma plataforma de negócios completa para todos os segmentos industriais, nacionais e internacionais, gerando negócios, relacionamentos e entregando conteúdos de qualidade em todos os ambientes: digital e físico, sinergicamente. Atualmente, possui uma base de dados qualificada, com mais de 60 mil contatos de profissionais do setor e diversos canais, como plataforma digital, website, redes sociais e uma ferramenta de conteúdos e negócios exclusivos, com os quais consegue promover marcas, lançar produtos, gerar leads e realizar ações personalizadas para obtenção de um melhor retorno dos investimentos, com mais foco e assertividade.

Sobre a Informa Markets – informamarkets.com.br

A Informa Markets conecta pessoas e mercados por meio de soluções digitais, conteúdo especializado, feiras de negócios, eventos híbridos e inteligência de mercado, construindo uma jornada de relacionamento e negócios entre empresas e mercados 365 dias por ano. Presente em mais de 30 países, atua há mais de 27 anos na América Latina, e conta hoje com três unidades de negócios: Brasil, México e Latam Hub, responsáveis pela entrega de mais de 30 eventos híbridos, 70 eventos digitais, portais de notícia e plataformas digitais de conexão e negócios.

Coletivo da Comunicação – Assessoria de Imprensa da FEIMEC

Ivo Chicuta

ivo@coletivodacomunicacao.com.br

Roberta Provatti​​​​

roberta@coletivodacomunicacao.com.br​

Valeria Bursztein

valeria@coletivodacomunicacao.com.br

Marília
nuvens dispersas
22.4 ° C
22.4 °
22.4 °
73 %
1.1kmh
31 %
dom
24 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
33 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias