spot_img
spot_img

Em nota, prefeitura de Marília diz que greve dos servidores atinge apenas 2% da categoria

spot_img

Mais notícias

Em nota oficial, a prefeitura de Marília diz  que a greve dos servidores  atinge apenas 2% da categoria. E que o governo municipal fez todas as concessões possíveis para atender as reivindicaçõesuwe. A redação está aberta às manifestações do sindicato da categoria como sempre abriu espaço incondicional para contestar os números apresentados pela administração, se críveis ou não.

 

A respeito da paralisação organizada nesta segunda-feira, dia 17 de abril, pela entidade sindical que representa os servidores públicos municipais de Marília, a Prefeitura Municipal de Marília comunica que nenhum serviço público está comprometido ou interrompido (seja em parte ou integral) em virtude do movimento grevista. As primeiras análises dos recursos humanos da administração apontam que, dos 2% do total de servidores que optaram em aderir à greve, ao menos 90% dos que permanecem em frente ao Paço Municipal estão lotados na Educação. Contudo, as aulas estão mantidas e neste momento não há nenhuma criança prejudicada em seu dia escolar. Da mesma forma, o expediente em todas as repartições municipais e no prédio administrativo da Prefeitura de Marília  (Paço Municipal) está fluindo normalmente, sem quaisquer danos. A administração Daniel Alonso e Cícero do Ceasa (Cícero Carlos da Silva) respeita o direito de manifestação da entidade sindical e informa que os acessos a todos os departamentos públicos estão livres. Destaca que a proposta salarial de aumento de 6% nos salários dos servidores, de quase 11% no vale-alimentação dos trabalhadores da ativa e de mais de 27% no auxílio-saúde dos aposentados e pensionistas, referente ao período de 1º a 30 de abril, será votada logo mais, a partir das 16 horas, durante a Ordem do Dia da 11ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Marília, representados pelo seguinte conjunto de projetos: Projeto de Lei Complementar (PLC) n.º 7/2023, Projetos de Lei (PLs) nº 45/2023, nº 46/2023 e nº 47/2023, todos de autoria do governo  municipal. Em caso de aprovação, novos valores já serão pagos na folha salarial de maio (pois corresponderão a 1º a 30 de abril de 2023).

A Prefeitura Municipal de Marília ressalta ainda que houve a concessão de cesta-alimentação (com gêneros alimentícios de primeira necessidade, indispensáveis à subsistência alimentar diária, como arroz, feijão, farinha e proteína) no valor de R$ 340. Este indispensável programa alimentar, que valoriza os servidores e os seus dependentes, precisa ser considerado e ponderado neste momento de reajuste.

Marília
nuvens quebradas
17 ° C
17 °
17 °
94 %
1.1kmh
52 %
dom
24 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
30 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias