spot_img
spot_img

Docentes e coordenadores de Emefs aperfeiçoam os conhecimentos em matemática

spot_img

Mais notícias

O 2º Encontro Formativo de Matemática, promovido entre 17 e 18 de abril pela Prefeitura Municipal de Marília capacitou aproximadamente 100 educadores, entre professores de 5º ano da rede básica de ensino (Ensino Fundamental) e coordenadores das Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental), “É uma ação projetada pela Secretaria Municipal da Educação de Marília tendo por objetivo de contribuir para o aprimoramento e o crescimento profissional dos docentes que integram o Sistema Municipal de Ensino de Marília, favorecendo, sobretudo, aprendizagens diversas e uma gama de oportunidades de oportunidades de ensino”, contextualizou o secretário municipal de Educação, professor Helter Bochi.

Novos encontros serão promovidos pela Secretaria Municipal da Educação de Marília. “Estaremos abordando a exploração teórico-prática das unidades temáticas, que compõem o currículo oficial de matemática, números, geometria, grandezas e medidas, probabilidade e estatística. Tudo para favorecer a socialização de saberes e ampliação de conceitos imprescindíveis para o desenvolvimento do pensamento matemático”, informou o secretário municipal.

A formação continuada oferecida pela rede municipal de ensino ocorreu durante a jornada diária de trabalho, composta por cinco horas, sendo propostas reflexões teórico-práticas sobre álgebra, uma das unidades temáticas a ser explorada com os estudantes durante o ano letivo. Conduzido pelo professor doutor José Carlos Miguel, ex-diretor do campus da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Marília. Miguel é especialista no ensino da matemática. As atividades propostas versaram sobre o desenvolver do pensamento algébrico, elucidando nos professores a importância do trabalho com a linguagem simbólica da matemática, o que pôde ser amplamente experienciado pelos participantes através de propostas específicas de ensino das habilidades de álgebra constantes no currículo oficial do Município em consonância com o estabelecido pela Base Nacional Comum Curricular.

A álgebra no cotidiano

Para a professora Elizângela da Silva, docente da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) ‘Professora Sofia Teixeira Barbosa’, o encontro formativo permitiu compreender o uso da álgebra no cotidiano. “O assunto tratado no encontro gerava muitas inquietações entre nós, educadores, mas a partir dos exemplos apresentados pelo professor José Carlos Miguel foi possível perceber a presença da álgebra no dia a dia das crianças”, exemplificou. A metodologia estudada enfatizou a análise das alternativas por exclusão. “Assim, levamos os alunos a refletir sobre o erro e chegar à resposta correta, tudo isso com autonomia, justificativas e socializando o pensamento. Ou seja, houve a construção do conhecimento”, afirmou a professora Elizângela da Silva.

A capacitação partiu da premissa de que a matemática detém uma linguagem específica e que essa linguagem precisa ser de domínio do estudante. Os educadores foram estimulados a desenvolver o pensamento algébrico convidativo e a explorarem o vocabulário matemático, imprescindível e relevante para a aquisição das habilidades lógico-matemáticas. O treinamento, ocorrido entre 17 de 18 abril, reuniu 76 professores de 5º ano e 21 professores-coordenadores de Emeis.

Marília
nuvens quebradas
17 ° C
17 °
17 °
94 %
1.1kmh
52 %
dom
24 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
30 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias