spot_img
spot_img

Connect faz balanço sobre atividades e metas realizadas

spot_img

Mais notícias

A diretoria do Connect Ambiente de Inovação, existente dentro da Associação Comercial e de Inovação de Marília, fez um balanço das atividades desenvolvidas no ano passado, e concluiu que foram muitas e importantes realizações, proporcionando visibilidade e parcerias com universidades, empresas e instituições. “Foram mais de R$ 160 mil em prêmios distribuídos em quatro eventos que tiveram 1.751 inscritos que criaram 196 possíveis soluções para o mercado ao serem desafiados”, disse Carlos Francisco Bitencourt Jorge, atual vice-presidente da diretoria executiva da associação comercial e o responsável pelo ambiente de inovação na entidade. “2022 foi um ano muito bom para o nosso ambiente de inovação”, resumiu o dirigente satisfeito com o trabalho realizado e animado com o plano de ação criado para 2023. 

Carlos Francisco Bitencourt Jorge lembra dos quatro “hackathons” realizados e o quando estas ações trouxeram de oportunidades, abrindo conexões com outros ambientes de inovação no Brasil e no Exterior. “Esses eventos foram possíveis graças ao apoio da associação comercial, da Universidade de Marília (Unimar) e da cooperativa Sicoob Paulista, grandes parceiros dos “hackathons”, além dos demais 24 patrocinadores que acreditaram na iniciativa”, agradeceu o dirigente mariliense que tem planos para outros dois eventos semelhantes este ano. “Outro ponto a ser comemorado é o alcance da incubadora virtual”, destacou o dirigente ao lembrar das 40 ideias incubadas que podem se tornar “startups” futuramente. “A incubadora virtual possui a vantagem de poder ser acessada de qualquer lugar do território nacional, ampliando nosso alcance, sendo gratuita para os alunos, associados e pessoas vinculadas aos nossos parceiros”, explicou.

O vice-presidente da diretoria da associação comercial e Diretor Executivo do ambiente de inovação da entidade lembra dos contatos criados com “startups” de diversos segmentos e localidades em todo o Brasil. “A metodologia do programa de aceleração que utilizamos também permite que “startups” de todo o território nacional se candidatem às nossas atividades”, falou ao desejar acelerar mais “startups” para que tenham alcancem melhores e possam buscar investimentos em escala cada vez maior. “Foram contatos com quase 300 “startups” diferentes”, lembra. “Desse total, 24 se inscreveram e passaram pelo nosso “Pitch”, quando especialistas avaliam a “startup” e apontam se elas têm potencial de desenvolvimento”, falou ao completar dizendo que estas “startups” estão sendo analisadas e, caso estejam dentro do perfil procurado, iniciam o programa de aceleração este ano.

Os planos para esta temporada que se inicia são os de ampliar o alcance do ambiente de inovação da associação comercial. “Queremos cada vez mais que pessoas queiram desenvolver os próprios negócios, tendo acesso à incubadora e aceleradora e para isso, continuaremos ampliando nossas parcerias”, falou Carlos Francisco Bitencourt Jorge. “Além disso, estamos com o fundo de investimento aberto para aquisição de cotas da aceleradora, para que os associados possam ter acesso à esta opção de investimento”, ressaltou ao comentar parte dos planos para 2023.

LEGENDA – Carlos Francisco Bitencourt Jorge, da associação comercial, fala do ambiente de inovação de 2022 e para este ano

Marília
céu limpo
17.2 ° C
17.2 °
17.2 °
83 %
1.3kmh
0 %
seg
28 °
ter
28 °
qua
29 °
qui
30 °
sex
29 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias