spot_img
spot_img

“Com aprovação da reforma tributária, Haddad se coloca como o grande nome do futuro da esquerda”, diz Florestan

spot_img

Mais notícias

Jornalista avaliou que a votação da reforma elevou a imagem de quem articulou por sua aprovação e ressaltou que Haddad já vinha ganhando destaque pela retomada econômica do país

Florestan Fernandes Júnior, Fernando Haddad e Lula
Florestan Fernandes Júnior, Fernando Haddad e Lula (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABR)

“Com aprovação da reforma tributária, Haddad se coloca como o grande nome do futuro da esquerda”, diz Florestan · Ouvir artigo

 

247 – O jornalista Florestan Fernandes Júnior afirmou que a aprovação da reforma tributária, emperrada há trinta anos no Congresso Nacional, consolidou o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), como o grande nome para o futuro da esquerda brasileira.

Em participação no Bom Dia 247 deste domingo (9), Florestan avaliou que a votação da reforma na Câmara dos Deputados elevou as imagens dos protagonistas que articularam por sua aprovação e ressaltou que Haddad já vinha ganhando destaque por seu papel na retomada econômica do país: “no Google Trends [ferramenta do Google que permite analisar dados e tendências de buscas na plataforma], você vê que os nomes mais procurados na semana passada foram justamente os de Arthur Lira, Lula, Tarcísio de Freitas e Haddad. O Haddad teve uma projeção muito grande, ele se coloca como o grande nome pro futuro da esquerda”.

“Pelo perfil dele, hoje ele é um ministro que tem quase unanimidade na indústria e em parte do mercado financeiro, pela maneira como ele tem feito os projetos de retomada da economia. Você vê que o país está crescendo e o Haddad tem muito a comemorar, e o presidente Lula também”, complementou o jornalista.

Florestan também afirmou que a aprovação da reforma representou uma derrota do bolsonarismo, que se opôs à proposta: “na questão política, o que fica claro é que foi uma derrota da extrema direita e do bolsonarismo. O Bolsonaro está tomando um rumo de não abrir mão do método que o levou ao poder, que é a utilização das redes sociais e das mensagens pelo Whatsapp e Telegram, esparramando discurso de ódio, fake news, mentiras. Tanto que na noite da votação da reforma você via parlamentares ligados ao Bolsonaro falando mentiras no ar – e aquilo era para ser postado nas páginas bolsonaristas”.

Marília
nublado
27.6 ° C
27.6 °
27.6 °
51 %
1.8kmh
100 %
qua
26 °
qui
30 °
sex
30 °
sáb
31 °
dom
31 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias