spot_img
spot_img

ATÉ 50 RADARES, EM MARÍLIA, QUE NÃO EVITARÃO ACIDENTES, MAS ENCHERÃO OS COFRES DA EMDURB

spot_img

Mais notícias

Radar eletrônico de teste é instalado na Avenida Castro Alves. Licitação prevê até 50 equipamentos

COM JORNAL DO POVO

Quatro empresas participam do processo licitatório aberto pela Empresa Municipal de Mobilidade Urbana de Marília (Emdurb) para instalação de até radares eletrônicos fixos aqui na cidade. O processo foi aberto na terça-feira (10) passada e o contrato terá vigência de cinco anos.

Um radar de teste foi instalado na Avenida Castro Alves (próximo à Nestlé). Apenas teste, sem autuações. O presidente da autarquia, dr. Valdeci Fogaça de Oliveira, disse que o teste integra a parte de aferição técnica da licitação.

Pelo edital, será implantada “solução integrada para apoio às atividades de operação e fiscalização de responsabilidade da Emburb, compreendendo a locação, implantação e operacionalização de softwares, equipamentos, e infraestruturas necessária para processamento de dados, coleta, armazenamento, transmissão e gestão de dados e imagens”.

Os equipamentos devem  ser instalados em até 60 dias após a expedição da ordem de serviço. A previsão, pelo edital, é de até 50 pontos onde os radares podem ser instalados, como nas avenidas Brigadeiro Eduardo Gomes, Esmeraldas, Sampaio Vidal, Santo Antônio, Sanches Cibantos, República, Castro Alves, Tiradentes, Rio Branco, entre outras.

Os equipamentos contarão também com câmeras de videomonitoramento, câmeras com leitura automática de placas de veículos com alerta de veículos roubados ou outras irregularidades, além de fornecer talonários eletrônicos de multas (com sistema que possibilite a utilização de foto no momento da autuação).

TENTATIVA EM 2018

No início de janeiro de 2018, a Emdurb contratou a empresa DCT Tecnologia, que chegou a instalar radares eletrônicos de controle de velocidade  experimentais na Avenida Sampaio Vidal. Uma semana depois os equipamentos foram retirados e o sistema abortado.

A Emdurb informou, na época, que não seriam usados radares móveis para fiscalização, embora um deles tenha sido operado na Via Expressa Sampaio Vidal.

GESTÃO ANTERIOR

A contratação de radares eletrônicos, havia sido iniciada na gestão anterior, do prefeito Vinícius Camarinha. A Emdur, inclusive, abriu licitação e contratou empresa para os serviços. Em 2017, início da primeira gestão de Daniel Alonso, o então presidente da Emdurb, Rabih Nemer (que ficou menos de um mês no cargo por discordar de ações do prefeito Daniel Alonso), suspendeu o processo de instalação de radares eletrônicos em Marília.

Marília
céu pouco nublado
28.5 ° C
28.5 °
28.5 °
42 %
2.4kmh
17 %
qua
28 °
qui
30 °
sex
30 °
sáb
31 °
dom
31 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias