spot_img
spot_img

Artigo: PARABÉNS TRABALHADOR E TRABALHADORA, por professor Emerson

spot_img

Mais notícias

Professor Emerson*


O Dia do Trabalhador começou a ser comemorado no mês de setembro de 1882 nos Estados Unidos. Foi quase no fim do verão no Hemisfério Norte, no dia 5 daquele mês, que os trabalhadores de Nova York se reuniram em uma parada, com direito a desfile portando estandartes e instrumentos musicais. O objetivo era demonstrar a força e prosperidade da classe.

Só que a expansão da celebração pelo mundo teve como origem os protestos na cidade americana de Chicago. Em 1º de maio de 1886, os trabalhadores tomaram as ruas, junto da Federação Americana do Trabalho – a maior central operária dos Estados Unidos – e iniciaram um protesto que levaria dias.

Os trabalhadores, que tinham uma jornada de até 13 horas diárias por seis dias na semana, reivindicavam uma redução para oito horas de trabalho diárias, além de melhores condições nas indústrias.

Que esse 1° de Maio possamos recordar que a luta continua, por condições de trabalho digno, sem explorações e perda de direitos trabalhistas.Com salários que possam atender as necessidades do cidadão prevista na constituição com mais justiça e inclusão social.


Professor Emerson*

Formado em Ciências Matemática, Pedagogia, Especialista em Metodologia de Ensino, em Metodologia ABBA de Ensino para Autistas, em Gestão de Ensino Profissionalizante, Especialista em Ética Profissional. Mestre em formação de Valores Morais em Ambiente Escolar e Doutror em Metodologias Ativas na Construção do Conhecimento Lógico Matemático.

Com 50 anos de idade atua há mais de 30 anos na Educação, atualmente leciona Matemática para o Ensino Fundamental e Médio nas Redes Particular e Pública Estadual.

Atua nas pastorais e movimentos da Igreja Católica desde os 15 anos de idade. Participou da Catequese de Crisma, Liturgia, Ministro Extraordinário da Comunhão Eucarística, Sobriedade, hoje atuo como Agente de Pastoral na Comunidade São Francisco de Assis uma área rural da Paróquia NSra de Fátima do Jóquei.

Coordenador da CEBs Comunidades Eclesiais de Base Diocese de Marília Região 1. Vice-presidente do Conselho Municipal de Habitação e participa do Grupo de Trabalho Saúde Mental em Pauta que acompanha e promove ações voltadas à saúde mental. Participo do Grupo de Prevenção ao Suicídio. Também participa de dois grupos de Estudos na Unesp, um voltado aos estudos da construção do conhecimento baseado em Piaget e outro sobre a importância da Metodologia Científica para a melhoria da Educação.

Participou de formação de professores na Unesp e também acompanhou bancas de processo seletivo na UNESP e na UENP Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Atua como repórter educativo na Rádio e TV Educativa de Marília.

Marília
nuvens quebradas
17 ° C
17 °
17 °
94 %
1.1kmh
52 %
dom
24 °
seg
29 °
ter
31 °
qua
31 °
qui
30 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Últimas notícias